FÓRUM TERRITORIAL REÚNE REPRESENTANTES DA CULTURA DE TODA CHAPADA DIAMANTINA

Campus da UNEB em Seabra – Bahia

Aconteceu nos dias 17 e 18 de novembro, no Campus da UNEB de Seabra, o II FÓRUM TERRITORIAL DE CULTURA DA CHAPADA DIAMANTINA (ForTe Cultura-CD).

Organizado pela Câmara Técnica de Cultura da Chapada Diamantina (CODETER-CD), o Fórum Territorial de Cultura é um espaço de diálogo permanente sobre as políticas culturais no território da Chapada Diamantina, entre agentes culturais, sociedade civil e poderes públicos, para planejar e definir estratégias, metas e ações para o fortalecimento da politica territorial de cultura.

O encontro, com o tema “Cidadania Cultural: Identidade, Territorialidade e Diversidade”, teve a participação de diversos municípios como Wagner, Mucugê, Ibicoara, Barra da Estiva, Bonito, Lençóis, Andaraí, Ibitiara, Morro do Chapéu, Palmeiras, Seabra, Utinga, entre outros, representados por gestores públicos, conselheiros de cultura, produtores e agentes culturais, que compartilharam suas experiências, oportunidades e desafios do trabalho com a cultura no território. Entre eles: Raumi de Souza, gestor cultural e Tarcísio Lima, presidente do Conselho de Cultura, de Wagner; e Luciana Moniz e Lucas Mattos, presidente e vice-presidente do Conselho de Cultura de Mucugê.

Foto: Luciana Silva

RODAS DE CONVERSA E ATRAÇÕES ARTÍSTICAS

Durante a programação houveram falas de representantes do CODETER-CD, da SECULT-BA, de Pontos de Cultura, de Conselhos Municipais de Cultura e gestores públicos, além da Conselheira Estadual de Cultura Eva Lopes, e do consultor de Políticas Públicas para Cultura, Shaolin Barreto. Destaca-se a participação de representantes de povos originários da Chapada Diamantina, como Hildete Tapuia, liderança de Riacho das Palmeiras de Seabra e Edilene Liderança do Território Indígena Payayá de Utinga.

As rodas de conversa tiveram participação também de Nélia Paixão, arquiteta e ex-representante do IPHAN regional; Eugênio Lins, coordenador do projeto de identificação dos mestres e artífices da construção tradicional na Chapada. A programação cultural do evento teve Feira Agroecológica, apresentação do curta-metragem Comunidade Quilombola do Morro Redondo, e a participação de atrações como Coletiva Preta Diamantina, de Deni Reis, Sons da Capoeira, banda de pífano, Yayá Massemba, DJ VirguLINUX, entre outros.

Foto: Luciana Silva

PLANO DE CULTURA DA CHAPADA DIAMANTINA

Durante o encontro foi  retomado o processo do Plano Territorial de Cultura da Chapada Diamantina, iniciado em 2015. Vinicius Morende, professor da UNEB e colaborador da Câmara Técnica de Cultura, apresentou os eixos, para desenvolvimento das diretrizes, metas e ações, já discutidos ao longo dos últimos anos, para ajustes das propostas. Sejam: Eixo 1, Cultura e Diversidade (dimensão simbólica); Eixo 2, Cidadania e Direitos Culturais (dimensão cidadã); Eixo 3, Cultura e Desenvolvimento Sustentável (dimensão econômica).

Foram apresentadas e votadas em plenária as propostas de construção do Plano Territorial de Cultura do território da Chapada Diamantina, além de lidas e aprovadas a Carta do II ForTe CulTura e da minuta de elaboração do Plano Territorial de Cultura da Chapada Diamantina.

REDE CULTURA VIVA CHAPADA DIAMANTINA

Para garantir a memória dos processos e permitir uma ampliação da participação, foi lançada a plataforma Rede Cultura Viva Chapada Diamantina, um fórum permanente sobre cultura do território, desenvolvido por Pedro Jatobá da Universidade Livre da Chapada Diamantina e Assessor de tecnologias digitais da Câmara Técnica de Cultura da Chapada.

O portal é parte dos processos de autogestão das políticas públicas da cultura no território de identidade da Chapada Diamantina, e disponibiliza formulários para cadastro de representações territoriais (Cadastro de Cidadania Cultural Chapadeira); espaços para debate sobre eixos e prioridades (Atividades Presenciais e Fórum Virtual); e espaço para deliberação coletiva sobre os pontos propostos (Consultas Cidadãs), visando a revisão das metas e ações definidas na edição anterior do Fórum Territorial de Cultura. Para maiores informações, acesse: cultura.chapada.ba/cidadania

Foto: Luciana Silva
Imagem padrão
Luciana Moniz
Artigos: 12

Deixar uma resposta